Top Ad unit 728 × 90

Crônicas

Crônicas
teste

Resenha Filmes - Amor a toda prova

Alma gêmea existe? Sim.. aquela pessoa que basta um olhar, ou quem sabe um sorriso discreto para você entender que precisa passar o resto da vida ao se lado! Assim era a vida de Cal, “Steve Carell”, um quarentão que casou com a primeira mulher que amou e com ela construiu a vida perfeita. Arrumou um bom emprego, teve filhos, comprou uma bela casa e assim se passaram muitos e muitos anos, até que sem aviso prévio ele é informado que agora era portador de um belo par de chifres. “Talvez seja a crise de meia idade”, regateou sua esposa Emily, “Julianne Moore”, mas a separação foi inevitável. E agora, como seguir a vida adiante? Estacionado no tempo, o careta e quadrado Cal afoga suas magoas em um bar noite após noite, até que o estranho bonitão e pegador Jacob, “Ryan Gosling”, resolve dar uma repaginada em seu novo amigo. Tarefa nada fácil, porém recheada com cenas hilariantes até que Cal consegue sua primeira noite com a maluquinha Kate, “Marisa Tomei”. O tempo passa e o aluno acaba superando o professor. Com sua autoconfiança restabelecida Cal se torna o verdadeiro pegador. E a tal alma gêmea onde foi parar? As mulheres não preenchem o vazio de seu coração e não afastam a magoa de ter sido traído. Essa deliciosa e inteligente comédia romântica vira uma verdadeira trama cômica a cada nova cena onde todos os personagens acabam de uma maneira ou de outra se metendo em mal entendidos e situações inusitadas. Ninguém escapa, os filhos, a babá, o amante, o novo amigo e claro o casal protagonista. Um belo roteiro que aborda as varias realidades de como encaramos o amor, desde o juvenil até aquele que parecia não ter mais solução. Afinal vale a pena lutar pelo verdadeiro amor.



Resenha Filmes - Amor a toda prova Reviewed by Ricardo Leão on 6:02 AM Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Blog do Buraco © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.