Top Ad unit 728 × 90

Crônicas

Crônicas
teste

Abandono

O pior abandono é aquele onde nenhuma palavra é dita. As justificativas são solitárias, geralmente alimentadas pelo ego, presunção e orgulho. A parte mais fácil é virar as costas e se esconder no conforto de sua dolência, difícil é assistir inerte a quem sem ama caminhar para o seu desalento. A raiva é um sentimento egoísta que te faz caminhar sozinho na direção contrária dos seus anseios. A razão é a pauta das lágrimas reveladas ao nascer do sol. O conforto do momento se transforma na angústia das horas, na inquietude das madrugadas. O que ontem nos fez falta, hoje se fortalece na insegurança. Incertas são as pegadas de um novo caminho marginal e sem referências, molhado pela chuva de outono, que direcionam nossos passos por entre poças e folhas esparramadas a sorte pela estação. A rotina, agora solitária, apenas ostenta os galhos secos a espera do tempo, regente de nossas escolhas. O pior abandono é aquele aplicamos a nós mesmos!


Abandono Reviewed by Ricardo Leão on 5:54 PM Rating: 5

2 comentários:

All Rights Reserved by Blog do Buraco © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.