Top Ad unit 728 × 90

Crônicas

Crônicas
teste

Resenha Filmes - O Último mestre do ar

Cem anos se passaram desde o desaparecimento do “Avatar”, o único ser com poderes de manusear, ou “dobrar”, os quatro elementos: Ar, fogo, água e terra e assim manter o equilíbrio de um mundo dividido em nações conforme suas habilidades. Como consequência disto, a nação do fogo impõe através da força o domínio sobre as tribos da água e da terra. A aventura começa quando por acaso uma jovem dobradora de água liberta um menino aprisionado em uma redoma. Não demora muito para descobrirem que aquele menino era na verdade o Avatar, mas por azar ele logo acaba prisioneiro da nação do fogo, mas por ser o único capaz de dobrar o elemento ar, consegue fugir com a ajuda de seu cachorro alado e se refugiar na cidade de gelo. Agora precisa completar seu treinamento e aprender a dobrar os outros três elementos e restabelecer o equilíbrio antes que a nação do fogo o capture. Efeitos especiais não faltam nesse filme baseado no famoso desenho “Avatar”, com um enredo fraco e sem grandes estrelas o que sobrou foi à sensação de estar em um videogame com suas fases bem definidas. Um filme direcionado para os apreciadores da série sem fugir em nada as características de uma superprodução americana, agora é esperar a sequencia.
Leia outras resenhas


Resenha Filmes - O Último mestre do ar Reviewed by Ricardo Leão on 1:04 PM Rating: 5

Nenhum comentário:

All Rights Reserved by Blog do Buraco © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.