Top Ad unit 728 × 90

Crônicas

Crônicas
teste

Sedutora Noite

















O Sol se pôs em seu leito ondulado e frio,
Um dia comum como todos os outros,
Trazia consigo a sedutora noite.
A magia se fazia distante,
Minha aura não mais brilhava.


Um pianista tocava músicas.
Músicas que lembravam sonhos e desilusões.
Pessoas conversam sobre coisas,
Coisas que faziam o tempo passar.
Minha mente vaga,
Por entre copos, tragos e palavras,
Colhidas aqui e acolá.


Alguém se faz notar,
Um corpo, uma voz diferente.
Um toque;
Um toque seguido de um olhar;
Um olhar seguido de um sorriso.
Olhares se entrelaçam.
Sorrisos, gestos e desejos,
Se ocultavam na timidez.


Já me encontrara em uma dimensão,
Onde o real não existia,
Onde o sonho tomava conta da razão.
O tempo desapareceu,
O mundo se tornou infinito
Em uma explosão de energia.


Nada mais doce e sedutor
Que o toque quente da boca
De uma princesa desconhecida,
Que fez aparecer de novo
A Beleza e o calor
No raiar do sol.
Sedutora Noite Reviewed by Ricardo Leão on 4:46 PM Rating: 5

Um comentário:

  1. Nossa que noite...Intensidade plena...Adoro me transportar em palavras,e a Sedutora Noite me conduziu...

    ResponderExcluir

All Rights Reserved by Blog do Buraco © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.