Top Ad unit 728 × 90

Crônicas

Crônicas
teste

A Saga da Coxinha 4 - O Final

 
A Internet é mais rápida que a promessa. Esperei, esperei, esperei até me cansar, já que a receita não chegou, viva a internet! Sabe aquela vontade súbita e incontrolável que bate e como juízo de mais não faz bem pra ninguém, não resisti, me perdoem as cobaias, prometo fazer um festival de coxinhas a todos. Ingredientes comprados, desta vez eu não tinha a menor idéia do resultado final, por achar que a macaxeira (mandioca) é uma batata que não deu certo, nunca esteve muito presente no meu cardápio. Então junte dois tabletes de caldo de galinha com quatro colheres de manteiga, eu disse manteiga viu!, depois de dissolver, pegue uma caixinha de leite integral, porque não existe coxinha light, misture e deixe ferver. Ah! A Macaxeira (mandioca) já deve estar cozida e esmagada, só esperando pra encontrar o leite. Meio quilo basta! Agora com a macaxeira (mandioca) misturada ao leite, comece a acrescentar pouco a pouco a farinha de trigo, até formar uma meleca tipo unidos venceremos, nesse momento coloque um saquinho de queijo ralado de boa qualidade, misture bem, e só então complete com trigo até que a massa desgrude do fundo da panela, nessa hora, pegue dois ovos, já previamente mexidos, e acrescente a massa, se precisar acrescente mais trigo. A massa fica muito boa e fácil de manusear. Para os apressadinhos como eu, espalhe a massa por uma mesa de pedra pra que ela esfrie mais rapidamente. Enquanto isso do outro lado da cozinha o recheio estava a minha espera. Peito de frango, cortado em cubos e cozido com dois tabletes de caldo de galinha com vinho branco. Acrescente ervas pra decorar, se gostar uns flocos de bacon com alho desidratados, hummmmmmm!!!, Delícia! Tudo devidamente desfiado, acrescentado, misturado, pra te fazer babar! Agora coloque queijo catupiry, o legítimo, misture até conseguir uma massa homogênea, e tente se controlar pra não comer o recheio! Essa é a hora! Pense na sua conta bancária, nas contas atrasadas, no seu vizinho barulhento, pegue a massa e comece a sovar; bata, amasse, joga na parede, chama de lagartixa. Quando ela estiver bem macia, pare, descanse! Hora de moldar as coxinhas, pegue uma porção da massa, faça uma bola, dessa bola faça um disco, deste disco uma cuia, tudo isso na sua mão, se está acompanhando a saga da coxinha perfeita, já estará craque, caso contrário, é assim mesmo, no começo é difícil, mas não desista, pratique! Desta vez eu coloquei água com gelo para aumentar o choque térmico, então coxinha na água, coxinha na farinha de rosca, coxinha no óleo quente, essa é a sequência. Pronto, todas fritinhas, sequinhas e esperando aquela coca-zero. Receita pra coca-zero perfeita: Copo de vidro da coca-cola, aquele na forma da garrafa, isso é muito importante, tem que estar seco, acrescente varias pedras de gelo, nunca três, sempre mais, vire um pouco o copo e vá acrescentando a coca devagarzinho e escutando o barulhinho do gás, faltando um dedo para encher pare! e de logo um bom gole no copo e depois, solte aquele aaaaaaaahhhhhhh!! Delicia! Então, só então, peguei a coxinha e provei. Nossa gente! Ficou muito gostosa, o recheio ficou maravilhoso, o queijo ralado na massa, deu um sabor diferente na casquinha que forma na hora que frita. Perfeita! Será mesmo perfeita? Senti falta de um ingrediente muito importante que esteve presente em todas as outras edições, senti falta das minhas “cobaias”, desde a primeira vez quando a cobaia era minha namorada, como da segunda vez onde estava com a minha família e da terceira vez que estava entre meus amigos. As vezes nos pegamos tão concentrados em achar a receita perfeita, e esquecemos que não importa o quanto sua coxinha seja boa, não importa do que massa é feita ou qual recheio ela tem, se você não tem com quem partilhar, ela jamais será perfeita. E aí, quem quer coxinha ?
" A Felicidade só é verdadeira quando partilhada - Into the Wild " 
A Saga da Coxinha 4 - O Final Reviewed by Ricardo Leão on 10:15 PM Rating: 5

3 comentários:

  1. Eu fui cobaia da segunda e da terceira tentativa. Caramba, vc ainda conseguiu melhorar aquelas coxinhas maravilhosas, estavam fenomenais!!! Vou pegar a receita da quarta e pedir pra "mamis" fazer pra mim,rs. Bjoooooo ao Sr.do Buraco!!!

    ResponderExcluir
  2. ...sabe, eu sou apaixonada por coxinha. Mas moro longe...Floripa...ohhhh!!!

    ResponderExcluir
  3. Querido, adoro coxinha, e posso ser sua cobaia o mais rápido possível!!! Pelo visto, você ama cozinhar, e eu também. Sei fazer várias receitas, e oportunamente, posso passá-las a você!!! Beijos grandes.

    ResponderExcluir

All Rights Reserved by Blog do Buraco © 2014 - 2015
Powered By Blogger, Designed by Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.